UAP . Unidade Automática de Preparo de Polímero

UAP . Unidade Automática de Preparo de Polímero
UAP . Unidade Automática de Preparo de Polímero
UAP . Unidade Automática de Preparo de Polímero

UNIDADE AUTOMÁTICA DE PREPARO DE POLÍMERO

 A Unidade Automática de Preparo de Polímero foi projetada para permitir a dissolução e dosagem de floculantes totalmente automatizada, com a operação comandada por um painel dotado de CLP.

 Descrição mecânica

O equipamento para dosagem e preparação de polímero com fluxo contínuo, Pode ser construído em Aço Inox – AISI 304, ou PP – Polipropileno. Composto por uma câmara mistura, uma câmara de pré-diluição e uma câmara de maturação e estocagem.  

Possui dosador volumétrico para polímero em pó, sistema de regulagem através de CLP, e variador de frequência com faixa de concentração de 0,05% à 0,5%.

Controla a entrada de água através de sensor de nível e válvula solenóide, manômetro para controle de pressão, válvula redutora de pressão e filtro de água. Sistema de agitação através de motor elétrico com eixo fabricado em aço inox e hélice tipo naval, instalado em duas câmaras. Tanques de pré-diluição e maturação abastecidos por meio de transbordo. A câmara de maturação e estocagem, está equipada com sensor de nível o qual determina o nível alto como parada do sistema de preparo, desligando o sistema de abastecimento e agitação.

 Princípio de funcionamento

A UAP proporciona homogeneização e concentração garantida, pois dosa através de um dosador volumétrico, de forma automática e constante. O equipamento é projetado para manter o tempo de maturação ideal, evitando a formação de grumos ou decantação da solução, sem quebra da cadeia de polímeros.

O nível baixo aciona o sistema a entrar em operação com a alimentação da agua, dosagem do polímero e agitação, sendo estes comandos controlados por CLP.

Incluso conjunto de motobombas de dosagem de polímero fixadas sobre base metálica são interligadas com tubos, válvulas e conexões de PVC. O conjunto é montado com by-pass na entrada (sucção) e na saída (recalque) de modo que operar a bomba em stand – by necessita apenas manobras das válvulas de PVC.

Voltar ao Topo