NOTÍCIAS

GRATT colabora na confecção do novo monumento de Treze Tílias

20 out 2017
Compartilhe

Com 8x7 metros a águia foi colocada em um dos acessos da cidade.

O monumento da águia que recepciona os turistas na SC 355, no novo asfalto que liga Treze Tílias a Iomerê foi concretizado através da doação do projeto artístico do austríaco Helmut Strobl. Já o recorte do metal que compõe a estrutura do monumento de 8x7m, foi uma contribuição do trezetiliense Bernhard Josef Gratt e pintura do artista Roberto Anrain. Por sua vez, a família Thaler de Ronald Thaler, autorizou de forma gratuita o local de instalação da águia.



A família Gratt possui importante ligação com a cidade do meio-oeste e com cultura austríaca. No ano de 1934 o casal Josef e Elizabeth Gratt junto aos seus 4 filhos migraram da Áustria para o Brasil. Com nove anos na época, Georg Gratt, agricultor e tinha como hobby a arte de esculpir, pai de Bernhard Josef Gratt, fundador da Gratt Indústria de Máquinas cresceu e constituiu família na cidade de Treze Tílias.
No dia 13 de outubro de 2017, 84 anos depois da fundação de Treze Tílias, acontece a inauguração do Monumento Adler (águia).

Santa Catarina é o estado brasileiro que mais recebeu imigrantes tiroleses (de língua alemã, italiana e ladina), vindos da Áustria entre 1875 e 1938.
Na busca por melhores oportunidades, o ex-ministro da Agricultura da Áustria buscando minimizar o sofrimento daquela população, que estava em meio a uma crise geral, Andreas Thaler fundou a cidade Catarinense de Treze Tílias (em alemão Dreizehnlinden) no dia 13 de outubro de 1933.

Saiba mais - Para os romanos e germânicos, a águia era um símbolo de força e liberdade. A águia do Tirol tem sua origem no século 13, no antigo brasão dos condes do Castelo Tyrol (Schloß Tirol), na cidade de Merano. Os condes dominavam o território desde o Lago de Garda até a cidade de Kufstein e seu brasão se tornou o símbolo da região alpina com as cidades de Innsbruck, Bozen, Brixen e Trento.

Para os trezetilienses esta águia simboliza sua determinação em busca de liberdade, paz e prosperidade. As Imigração aconteceram principalmente entre os anos de 1933 e 1937, com pessoas vindas em sua maioria dos estados Tirol, Vorarlberg e Alta Áustria (Alta Áustria).
A cultura sempre foi a Ponto de destaque na Colonização, com a Fundação da Banda dos Tiroleses ainda no primeiro Navio de Imigração, a arte da escultura e o canto Já presentes no primeiro natal na nova pátria. Com o Passar dos anos, novos grupos se formaram no intuito de preservar a Identidade de Treze Tílias, Que É Hoje conhecida nacionalmente como "O Tirol Brasileiro".

Fotografias: Diego Mergener - Assessor de Comunicação Prefeitura Municipal de Treze Tílias.

Comentários

Outras Notícias