NOTÍCIAS

Estação de Tratamento de Água - ETA

06 mar 2019
Compartilhe

Como funciona uma Estação de Tratamento da Água?
De um modo bem simples: as Estações de Tratamento de Água usam filtros, processos e vários produtos para limpar e tratar a água contaminada, transformando-a em água potável e própria para o consumo. A água captada de rios, represas ou reservas, vem com folhas, peixes, lodo e muitas bactérias. Para chegar às casas limpa e sem cheiro, ela passa cerca de três horas dentro de uma Estação de Tratamento de Água (ETA), o que inclui fases de decantação da sujeira, filtragem e adição de cloro e flúor, entre outras etapas, e é por meio dessa operação de limpeza que a maior parte da população do país têm acesso à água limpa e tratada.



Entenda as etapas do processo:



- Coagulação: quando a água na sua forma natural entra na Estação de Água, ela recebe, nos tanques, uma determina quantidade de sulfato de alumínio. Esta substância serve para partículas sólidas que se encontram na água como, por exemplo, a argila.



- Floculação - em tanques de concreto com a água em movimento, as partículas sólidas se aglutinam em flocos maiores.


- Decantação - em outros tanques, por ação da gravidade, os flocos com as impurezas e partículas ficam depositadas no fundo dos tanques, separando-se da água.


- Filtração - a água passa por filtros formados por carvão, areia e pedras de diversos tamanhos. Nesta etapa, as impurezas de tamanho pequeno ficam retidas no filtro.


- Desinfecção - é aplicado na água cloro ou ozônio para eliminar microrganismos causadores de doenças.


- Fluoretação - é aplicado flúor na água para prevenir a formação de cárie dentária em crianças.


- Correção de PH - é aplicada na água uma certa quantidade de cal hidratada ou carbonato de sódio. Esse procedimento serve para corrigir o PH da água e preservar a rede de encanamentos de distribuição.

Comentários

Outras Notícias